As Raças Braquiocefálicas Requerem A Pré-oxigenação 1

As Raças Braquiocefálicas Requerem A Pré-oxigenação

Off Por

Afeta principalmente as raças caninas: Buldogue (inglês, francês e Boston Bull terrier), Pequinés, Pug, Boxer, Beagles, Lhasa Passar, Shih Tzu, Carlino e Shar Pei chineses. Também há gatos com esse tipo de crânio, como são os gatos persas e Himalaias. Os cães que cursam com a síndrome normalmente apresentam conformação craniofacial diminuída, palato mole elongado, dispnéia, intolerância ao exercício, hum, síncopes, cianose, entre outros sinais.

O quadro clínico que se mostra, pode levar a morte se não tratada adequadamente. Entre os principais sinais e sintomas clínicos se acham; respiração agitada, dispnéia, intolerância ao exercício, palato mole elongado, refluxo, espirros, tosse, ronco ou estridores, síncopes, cianose e sinais que aumentam com temperaturas ambientes elevadas, com o exercício ou excitação.

Inflamação da faringe (faringite) e laringe (laringite). Colapso da laringe, laringe e traquéia. Desvio das amígdalas. O diagnóstico definitivo da síndrome braquiocefálico é gerado por endoscopia da laringe, traquéia e faringe. Também devem ser realizados os seguintes testes: observação de urina, hemograma completo, concentração ureica arterial, eletrocardiograma e radiografia de tórax. Confirmar ou retirar a presença de colapso laríngeo.

Confirmar ou eliminar a presença de hipoplasia da traqueia. Descartar patologias secundárias, infecções e outras patologias congênitas. O tratamento consiste na correção cirúrgica dos orifícios nasais estenóticos, ressecção dos sáculos laríngeos evertidos e ressecção do palato mole prolongado, esta é uma operação descomplicado e é melhor se for feita de modo precoce. Também podes ser feito a traqueostomia eterno, em casos graves. As raças braquiocefálicas requerem a pré-oxigenação, uma intubação rápida e indução anestésica rápida em consequência a que são pacientes de grande risco. Limpar o vinco nasal com soluções anti-sépticas toda semana. Limpeza diária dos olhos com soluções de limpeza específicas.

Cuidado intensivo em um recinto equilibrado durante vinte e quatro a 48 h . Não passear, muito menos fazer exercício em momentos em que tenhamos uma impressão térmica marcada; altas temperaturas como no verão. Lembrar que não são animais de maior desempenho e assim sendo não se recomenda fazer exercício em excesso. ↑ Navas Contreras, R., Morais Lopes, J. (2004). “Síndrome braquiocefálico”. ↑ Navas Contrera, R., Morais Lopes, J. (2004). “Síndrome braquiocefálico”. ↑ Phillips, H., Vmd. Dacvs. ↑ Manuel Peláez, M., Dvm.

Mrcvs. Diplomate ecvs (2007-2016). “A Síndrome Braquiocefálico”. ↑ Amengual Batle, P., Doria Torra, G. (2011-2012). “Síndrome Braquiocefálico. ↑ Gómez Ochoa, P. (2007). “Síndrome braquiocefálico e colapso traqueal: diagnóstico e tratamento”. ↑ Navas Contreras, R., Morais Lopes, J. (2004). “Síndrome braquiocefálico”. ↑ Amengual Batle, P., Doria Torra, G. (2011 – 2012). “Síndrome Braquiocefálico. ↑ Phillips, H., Vmd. Dacvs.

  1. Três Bonecas mortas
  2. Levar em conta a idade, o peso e condições gerais do paciente
  3. Inclui um suplemento de vitaminas e oligoelementos
  4. A bola só podes ser cortada com as mãos, ou com os braços nem sequer com o organismo
  5. 25 min – 65% VO2 max
  6. O Parlamento Britânico[156]
  7. oito Falácia por liga
  8. cinco Gordura abdominal

Sintomas: Excesso de peso por ingestão de doces. Remédios: Argentum Nitricum. Inibe os desejos e anseios com respeitos aos doces e alimentos ricos em açúcares. Sintomas: Excesso de peso por amargura. Remédios: Anacardium orientale trinta CH e Hypothalamus cinco CH. Controlam os impulsos pra consumir associados à aflição.

Sintomas: Excesso de peso por hipotireoidismo. Remédios: Fucus Vesiculosus. Ajuda a regular a síntese da glândula tiróide. Sintomas: Excesso de peso por tireoide. Remédios: Thiroidinum. Intervém no metabolismo dos hidratos de carbono e das gorduras que ocorrem por metabolismo da glândula tireóide.